5 erros comuns para você evitar ao abrir um restaurante

5 erros comuns para você evitar ao abrir um restaurante

Abrir um restaurante não é uma tarefa simples. É um desafio que requer estudo de mercado, elaboração de cardápio, contratação e treinamento de funcionários, e tantos outros detalhes que fazem a diferença sobre o “produto final”.

E diante de tantas preocupações, muitos empreendedores cometem vários deslizes ao iniciar as atividades no ramo da gastronomia e prestação de serviços que podem afetar permanentemente o desempenho do negócio. Para evitar isso, confira agora os 5 erros mais comuns cometidos durante a criação dos restaurantes. Continue lendo!

Não manter um controle administrativo e uma gestão estratégica

O primeiro erro fundamental é não dar a devida atenção às questões que tangenciam a administração do negócio. Um restaurante não é feito apenas de cozinha e clientes; há uma série de operações, transações econômicas e relações de trabalho que precisam ser dimensionadas e registradas para que haja um controle pleno sobre a atividade do restaurante. Portanto, faça planilhas de controle de gastos, controle a entrada e saída de produtos e mantenha sempre a atenção no fluxo de caixa.

Deixar a capacitação dos funcionários de lado

Pode parecer uma função simples, mas servir às pessoas exige certa diplomacia que pode ser fundamental na fidelização dos clientes. Funcionários bem treinados e prontos para atender com simpatia, prestatividade e educação valorizam o restaurante, e fazem com que ele ganhe pontos com os clientes, principalmente os de primeira viagem.

Por isso é fundamental que o gestor do restaurante invista em treinamento dos funcionários — e isso serve também para quem produz os pratos. Vez ou outra é interessante encaminhar o sommelier, o chef e seus cozinheiros, e o barista para cursos de atualização profissional. Desses investimentos também podem sair novas ideias que virão para valorizar o seu restaurante.

Falta de organização

A organização do ambiente é fundamental, afinal, ninguém gosta de sentir que está em um lugar bagunçado, sujo ou mal arrumado. E esse sentimento se aplica também aos funcionários, o que significa que a adoção de um uniforme é fundamental.

Além de ajudar os clientes na identificação dos funcionários da casa, o uniforme transmite credibilidade, limpeza, organização e comprometimento. Portanto, vista a camisa da empresa e lembre-se de que um bom uniforme também chama bastante a atenção dos clientes.

Falta de cuidado com o estoque

Não existe nada mais chato em um restaurante do que ser informado pelo garçom de que seu pedido não poderá ser feito por falta de ingredientes. Por isso, o estoque do restaurante é importantíssimo, e o seu controle deve ser muito rigoroso.

Mantenha contato constante com fornecedores e lembre-se de dimensionar as quantidades de acordo com a demanda, pois só assim é possível evitar desperdícios ou a falta de produtos. Se o restaurante possui um cardápio mais reduzido, o controle do estoque é mais fácil, mas se a sua lista de pratos for muito extensa é preciso redobrar a atenção para não faltar nenhum ingrediente.

Não realizar a divulgação necessária

Alguns empreendedores ainda confiam na teoria de que uma boa fachada é o suficiente para atrair os clientes. Contudo, com tantas opções disponíveis no mercado já não é tão seguro confiar na aparência ou só no “boca a boca”. É preciso procurar maneiras estratégicas de fazer a divulgação do seu restaurante para o público alvo.

Para isso, invista em comunicação digital nas redes sociais e na criação de um website e um blog. Essas são ótimas maneiras de começar a divulgar a sua marca sem gastar muito dinheiro com publicidade. 

E então, gostou das dicas? Esses foram alguns dos principais erros que qualquer gestor deve evitar ao abrir um restaurante. E para continuar por dentro de outros temas como esse, não se esqueça de assinar nossa newsletter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *