Preciso treinar meus garçons! 7 dicas para melhorar o atendimento

Preciso treinar meus garçons! 7 dicas para melhorar o atendimento

Fácil acessibilidade, pontualidade e comida bem saborosa são alguns aspectos que podem fazer um restaurante ser especial diante dos concorrentes. O dono deve pensar não só naquele cheff de cozinha impecável, mas também em chaves essenciais que possam melhorar o atendimento do local.

É nessa hora que entram os garçons, responsáveis por tarefas muito importantes ao longo do expediente e que podem ser cruciais na satisfação do cliente em relação ao restaurante.

Separamos estas sete dicas para melhorar o atendimento do seu local e deixar os seus garçons ainda mais preparados. Acompanhe!

1. Treinamento básico

Assim como toda profissão, o garçom deve passar, primeiramente, por etapas que o preparem para o trabalho de acordo com as normas do gerente. Como servir as mesas, qual ordem seguir, de que forma anotar os pedidos – essas e outras tarefas devem ser ensinadas por um atendente-chefe, a fim de que o garçom seja dinâmico em suas ações e demonstre rapidez ao mesmo tempo.

2. Espírito de equipe

Não importa se o restaurante exige grande número de garçons ou se poucos já dão conta do recado. O que vale não é a quantidade, mas como os funcionários se relacionam entre si. O dono deve discutir com o grupo a melhor divisão dos setores entre os garçons e como garantir a melhor produtividade do estabelecimento ao trabalhar em equipe.

Nada pior, para a imagem e o rendimento do restaurante, do que brigas ou falta de entrosamento entre colegas de trabalho.

3. Uniformes padronizados

Uma equipe uniformizada certamente deixa o local muito mais apresentável e cortês. Garçons devidamente vestidos com trajes adequados, limpos e que não dificultem sua mobilidade são essenciais para um restaurante que deseja demonstrar elegância e credibilidade.

4. Bons hábitos

Um garçom deve, acima de tudo, mostrar educação ao falar com o cliente. Frases como “Boa noite” e “Obrigado” são obrigatórias no seu vocabulário, que deve ser formal e ao mesmo tempo discreto.

Ao perguntar ou servir um pedido, o tom de voz deve ser agradável, não incomodando o cliente ou as pessoas ao redor. Além disso, o garçom deve ser extremamente profissional, não falando mal de colegas ou do seu convívio de trabalho.

5. Para melhorar o atendimento, deve ter atenção 

A atenção é umas das prioridades que o garçom deve ter durante o expediente. Anotar de forma correta os pedidos, levá-los à cozinha e trazê-los às mesas certas são atitudes essenciais que não podem faltar, para não diminuir o ritmo do restaurante nem gerar insatisfação nos clientes.

Paciência também é um fator importante, pois um garçom apressado e ansioso passa insegurança, além de demonstrar inexperiência.

6. Postura

O modo de andar pode ser algo a que muitos não prestam atenção, mas que também é essencial para a mobilidade e elegância do garçom. Ao caminhar, a postura deve manter-se sempre aprumada, a bandeja deve ser apoiada de forma correta e a mão deve ficar desocupada, sempre atrás das costas. Detalhes como esses fazem a diferença para clientes mais atentos e rigorosos.

7. Técnicas e aprimoramentos

Dependendo das tendências, o restaurante deve se sobressair em comparação com os concorrentes ao demonstrar novidades que os outros não possuem, se enquadrando da melhor forma possível no gosto do cliente. Para isso, muitas vezes, é recomendado que os garçons façam cursos técnicos ou se aprimorem em um curso de idiomas, aproximando assim o relacionamento com o cliente.

Ao montar um restaurante, o dono deve pensar em todos os detalhes possíveis, desde os aspectos administrativos até as formas de se relacionar com as pessoas que vão usufruir de sua comida. Para isso, deve preparar seus funcionários de forma adequada, a fim de melhorar o atendimento e garantir credibilidade e clientela.

Essas foram algumas dicas para você treinar melhor os seus garçons e melhorar a forma de atendimento do seu restaurante. Não deixe de ver também nosso artigo sobre Como ter os melhores garçons no seu restaurante. Qualquer dúvida ou sugestão, deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *